12/03/13

Adicionais de insalubridade e periculosidade são direitos do trabalhador

O reitor neste ano tem anunciado a construção de inúmeras obras faraônicas e mantido as péssimas condições de trabalho dos trabalhadores da USP, sem falarmos do desrespeito por direitos trabalhistas, como adicional de insalubridade e periculosidade.

O SESMT também tem contribuído com este descaso e quem vem “pagando a conta” é a população que mantém esta universidade. Que tal os diretores de unidades, assistentes administrativos e presidentes de CIPA, restituírem a Universidade, quando os funcionários recorrem á justiça para terem os seus direitos respeitados e ganham???

Também é bom lembrar, que quando o trabalhador recorre ao Departamento Jurídico para fazer valer os seus direitos, ele deve ser sindicalizado e permanecer sindicalizado até o final da ação, pois caso contrário, quem “paga a conta” são os sindicalizados, pois todo processo judicial possui custos.

Que tal você ser sindicalizado do SINTUSP, para quando necessitar da assistência jurídica do sindicato, obtê-la com qualidade e resultados POSITIVOS.

Vejamos:
Processos de Insalubridade

 

Nº 0381.2009.07102000 – 61ª Vara do Trabalho
Autores funcionários do HU
Marisa Aparecida Bergamo Trindade
Maria de Cássia Terezinha de Lima Oliveira
Maria Lucia dos Santos
Sonia Regina Bernardes
Requerimento de Insalubridade Grau Máximo
Processo ganho em 1ª Instância. USP recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho. Aguardamos julgamento em 2ª. Instância.


Nº 0537.2009.089.02000 – 89ª Vara do Trabalho
Autor:- Funcionário da COSEAS
Jorge Eduardo Pires Silva
Processo ganho em 1ª Instância. USP recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho
Foi para julgamento no dia 08/07/2011 e ganhamos o processo, sendo que a USP perdeu.


Nº 0389.2009.05802006 – 58ª Vara do Trabalho
Autores funcionários do HU
Regina Aparecida de Lima
Maria Dilanir da Silva Pereira
Sueli Mendes (excluída do processo, pois não compareceu na audiência)
Cristina Pereira
Maria Aparecida Florêncio Pinto
Marcado julgamento em primeira instância no dia 21/10/2011.


Nº 01207.2009.05902000 – 59ª. Vara do Trabalho
Autor funcionário do HU
Messias Costa Serafin
Processo ganho em 1ª Instância. USP recorreu no Tribunal Regional do Trabalho e estamos aguardando julgamento nesta instância (2ª. Instância).


Nº 00942.2008.04002001 – 40ª. Vara do Trabalho
Autores funcionários da COSEAS
Maria Cleide Alves de Souza
Valmete Teles Amaral dos Santos
Processo ganho em 1ª. Instância. USP recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho.
Estamos aguardando julgamento.

Documentos